quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Ovos e colesterol...

Uma questão muitas vezes colocada aos profissionais de saúde é o efeito dos ovos no aumento do colesterol, sendo muitas vezes apontados como os principais potenciadores do aumento de colesterol principalmente de colesterol HDL.
No entanto esta questão começa a ser desmistificada....

Este ano vários estudos sobre o assunto foram publicados. Longo no inicio do ano foi publicado um artigo de revisão que mostrou para além de não haver relação entre o aumento de colestrerol e o consumo de ovo, a sua proteína contribui para o aumento da força muscular, satisfaz a fome (ajudando no controle do peso, especialmente quando consumido de manhã) e fornece energia para o exercício físico já que é óptima fonte do aminoácido essencial leucina.

Outros benefícios do ovo:

  • Não causa hiperinsulinemia ou hipoglicemia;
  • Rico em tiamina, riboflavina, ácido fólico, B12, B6 (todas essenciais para a produção de energia);
  • Um único ovo fornece 6 gramas de proteína de alto valor biológico (13% da necessidade diária);
  • Mais barato que a carne.
O que é demonstrado constantemente em vários estudos e que é muitas vezes esquecido, até de uma forma conveniente é que o que aumenta mesmo o colesterol sanguíneo é o alto consumo de gorduras saturadas e gorduras trans presentes em muitos alimentos consumidos diáriamente e nos quais se encontra de uma forma invisivel.

Fonte: Layman, D.K.; Rodriguez, N.R. Egg Protein as a Source of Power, Strength and Energy. Nutr Today 44(1), pp43-48, Jan/Feb 2009.

2 comentários:

ecila disse...

Até pode ser, mas tenho uma amiga que desde que comecou o doutoramento deixou de ter tempo para pequeno almoco em casa. Como consequência, passou a tomá-lo no escritório, sempre com sandes de ovo, ou um ovo, etc (que é o que há no quiosque perto). E o seu colesterol subiu em flecha. Ela, de 25 anos, nunca tinha tido colesterol elevado. Ela afirma que foi dos ovos, agora deixou de os comer, a ver se baixa os níveis. Caso o colesterol baixe, acho que vou passar a estar mais desconfiada em relacao aos ovos. Se me lembrar comento aqui os resultados :)

Inês Gil Forte disse...

Ecila!

Nesse caso há várias questões a ter em conta...
Possivelmente a sua amiga deixou de ter tempo para fazer exercício físico.
Depois o pequeno almoço deve ser sempre composto por vários alimentos, incluido fruta.
E como são confeccionados os ovos?
Há tantas questões a ter em conta...
Mas aguardo então os resultados...
O ovo foi substituído por que alimento?

Aguardo...