segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Resposta sobre Ração Humana

Na passada semana, uma senhora perguntou-me na página do Facebook o que eu acho da chamada  "Ração Humana".

Comecei a tomar atenção a este "alimento" há cerca de um ano. Quando nos sites de vários nutricionistas brasileiros se começou a falar muito sobre o assuntos.
Existem imensas receitas para se fazer este alimento. No entanto, todas possuem alguns ingredientes em comum.


A Ração Humana, que nada mais é do que uma mistura de fibras, sementes e cereais com o intuito de aumentar a saciedade, reduzindo o desejo de comer, além de aumentar o volume fecal auxiliando melhor funcionamento do intestino.

Já por estes 2 motivos é digna de aprovação, mostrando que o consumo de alimentos ricos em fibras deve ser estimulado, pois quando nosso intestino funciona bem nosso cérebro consegue produzir substâncias que dão saciedade, eliminando a ansiedade e a vontade de comer. Além disso, as fibras reduzem a absorção de gorduras e açúcares em excesso, fornecem vitaminas do complexo B e diversos minerais que a alimentação comum do dia a dia, da maioria das pessoas, não fornece.
Mas precisamos avaliar todos os ingredientes e pensar no seguinte aspecto:

NINGUÉM É IGUAL POR FORA E NINGUEM É IGUAL POR DENTRO


- isso significa que precisamos respeitar a individualidade e comer os alimentos que nos fazem bem e não ir apenas na onda da maioria das pessoas.
CUIDADO com alguns componentes da ração humana:

- levedura de cerveja : muitas pessoas são alérgicas à levedura de cerveja e a sensibilidade a fungos intestinais é muito comum.

- açúcar mascavo: este tipo de açúcar é derivado da cana de açúcar sem ser refinado, por isso preserva alguns nutrientes. Mas pergunto o seguinte: já não comemos açúcar suficiente no diariamente? dificilmente os alimentos não são adicionados de açúcar. Em termos de calorias o valor é o mesmo do branco e não enriquece em nada nossa nutrição. Porque não misturar frutas ou sumos que fornecem um sabor doce mais natural e rico em nutrientes?

- fibra ou farelo de trigo : nossa alimentação abusa do consumo do trigo (pão, massas, bolos, molhos, salgados, biscoitos...) para quê aumentarmos a exposição a este cereal? esta fibra contém fitato que é um expoliador de toxinas e de minerais importantes como cálcio, zinco e ferro. Vamos pensar juntos: nossa alimentação já é pobre em nutrientes e ainda usaremos algo que diminui sua absorção?

- guaraná em pó: esta substância é rica em cafeína - costuma ter até 4x mais do que o café passado. Pode acelerar os batimentos cardíacos e irritar a mucosa intestinal. Além do mais, cafeína estimula o sistema nervoso e causa dependência.

- gérmen de trigo: rico em vitaminas do complexo B e vitamina E, mas é mais um derivado do trigo e caso não esteja bem conservado pode estar contaminado por fungos e ter os antioxidantes já bastante oxidados. Muitas pessoas são sensíveis a este alimento.

- leite de soja : nem todos devemos consumir soja, pois ela está entre os alimentos alergénicos, mas é uma boa fonte de proteína.

Para mim, e muitos dos que procuram as minhas consultas sabem-nos, podemos fazer várias misturas de cereais mais simples, obtendo os mesmos efeitos positivos e pouco açúcares e afins.

3 comentários:

Alexandra disse...

Os compostos fazem-me confusão... Não gosto de sabores intensos e texturas estranhas.
Diga-se de passagem que o nome não é nada apelativo... a ração dá-se aos animais para os engordar. Não?

Nutricionista Inês Gil Forte disse...

Alexandra, é isso mesmo que eu acho!

Ana Neves disse...

Olá Inês, sabes uma coisa curiosa? Quando estive no Brasil em trabalho algumas pessoas falaram-me da "ração humana". Está bastante em voga por lá. Das pesquisas que fiz, achei que era muito parecida com a "Depuralina" (perdoa-me a publicidade comercial), com a diferença que na Ração Humana a mistura pode ser feita e guardada no frigorífico por bastante tempo para ir bebendo.

Achas semelhante à Depuralina comerciada em Portugal?
Beijinhos